top
  • logo big

    I SIMPÓSIO DE FILOSOFIA, TEOLOGIA E CIÊNCIAS DA RELIGIÃO

  • logo big

    O Pensamento De(s)Colonial e sua expressão na Filosofia, Teologia e Ciências da Religião

O SIMPÓSIO


A corrente de pensamento de(s)colonial, que ganhou bastante relevância nas últimas décadas, tem desafiado a Filosofia e a Teologia, sobretudo na América Latina, no que tange ao pensamento libertário no fazer Teologia (Teologia da Libertação) e Filosofia (Filosofia da Libertação).

Na América Latina, não seria a Teologia da Libertação uma tentativa primeva de de(s)colonizar o pensamento do discurso teológico nas suas diversas ações libertárias em prol da justiça social, desvencilhando-se de modelos colonizadores? O que tem a nos dizer as novas teologias: feministas, negras, indígenas, ecológicas, queers, etc., diante do neocolonialismo? Não seria a Filosofia da Libertação um modo de conceber um pensamento brasileiro e latino-americano, a partir de suas próprias condições políticas e socioculturais situadas na periferia e não centro das grandes decisões? O pensamento de(s)colonial filosófico propicia uma Filosofia Brasileira.

É o momento em que a Filosofia latino americana abandona os condicionamentos da Filosofia europeia e adquire consciência da sua própria existência, rompendo com a sua condição de submissão imposta pelo colonialismo.

Pensadores da temática de(s)colonial na América Latina, nos âmbitos da Sociologia, Semiologia, Filosofia e Teologia, tais como Anibal Quijano, Edgardo Lander, Walter Mignolo, Enrique Dussel e Leonardo Boff, demonstram como as ciências sociais, humanas e teológicas se unem para analisar o passado longínquo e recente e propor um pensamento geopolítico do conhecimento sociológico, filosófico e teológico, bem como suas incidências na América Latina, sem a cumplicidade do poder e do saber colonial, fomentando uma ecoteologia que salva o planeta, uma leitura bíblica a partir da alteridade e uma Filosofia das alteridades, etc.

Comissão Organizadora

APRESENTAÇÃO


O nosso Simpósio tem a perspectiva de fomentar a discussão a respeito da identidade das produções acadêmicas constituídas na Filosofia, Teologia e Ciências da Religião, na América Latina. Após um longo contexto histórico da influência do pensamento preponderantemente de matizes europeias, irrompe a necessidade de refletir e reconhecer um ethos teórico presente em nossa cultura acadêmica, concernentes a essas áreas de conhecimento, este poderá ser um primeiro passo para a descolonização do nosso pensamento.

Refletir a respeito de estruturas culturais constituídas e que reproduzem um modo de ser colonizado e propor novas metodologias e formas de pensar reconhecidamente genuínas do Brasil e América Latina são desafios que o ISTA tem encarado nestes 30 anos de existência, no fazer filosófico e teológico.

Este Simpósio contará com o uso das mídias sociais para a transmissão online das palestras e atividades do evento, uma importante alternativa para disseminar os conteúdos do Simpósio para todos os interessados, dando a conhecer nossas reflexões a respeito do pensamento de(s)colonial.

Para oportunizar a participação e contribuição do maior número de pesquisadores nas apresentações e discussões dos grupos temáticos, considerando o fato que nem sempre conseguimos a presença de todos os interessados, em função de outros compromissos, o que inviabiliza a socialização de boas temáticas, aqueles que desejam participar, mas não podem estar presentes no dia das apresentações, nos organizamos para receber as comunicações dos GTs – Grupos Temáticos no formato de vídeo. As demais pessoas apresentarão de maneira presencial. Todos os interessados deverão enviar o resumo das comunicações para análise. As aprovadas serão disponibilizadas no site do Simpósio, e, posteriormente, publicadas, sendo elas um contributo essencial para a divulgação dos conteúdos do Simpósio.

Na Filosofia, Teologia e Ciências da Religião tem se discutido a respeito da importância em se ampliar, cada dia mais, as referências conceituais oriundas da nossa demarcação cultural, social e religiosa, edificando uma maneira original e genuína dentro do diálogo universal desde estas expressões teóricas. Ansiamos que este Simpósio represente este momento de aprendizagem, diálogo e profícua produção acadêmica, contamos com a participação de todos.

Comissão Organizadora

PROGRAMAÇÃO


Fique por dentro da programação do I Simpósio de Filosofia, Teologia e Ciências da Religião

25/10 | quarta-feira

7h | Abertura

7h15 | Apresentação Cultural

8h | Conferência de abertura

O PENSAMENTO DE(S)COLONIAL E A FILOSOFIA

Prof.Dr. Paulo Roberto Margutti Pinto - FAJE/MG

9h | Debate

9h15 | Intervalo

9h30 | Conferência

RUPTURAS POLÍTICAS E EPISTEMOLÓGICAS: O MOVIMENTO NEGRO E SUA AÇÃO DE(S)COLONIAL NO BRASIL

Profª. Drª. Nilma Lino Gomes - UFMG

10h30 Grupos de Trabalho - GT

GT 1 - Filosofia do Brasil. Prof. Ms. Reginaldo José Horta

GT 2 - Ciberfilosofia - Prof. Ms. Paulo Sérgio Araújo

GT 3 - Bíblia e De(s)colonialismo - Prof. Ms. Jacir de Freitas Faria

19h | Dança Contemporânea: Pachamamma

19h30 | Apresentação Teatral: Morte e Vida Severina

26/10 | quinta-feira

7h | Abertura

7h10 | Apresentação Cultural

7h30 | Conferência

A DE(S)COLONIZAÇÃO E CIÊNCIAS DA RELIGIÃO

Prof. Dr. Paulo Agostinho Nogueira Baptista - PUC-MG

8h30 | Intervalo

9h | Conferência

O PENSAMEMTO DE(S)COLONIAL NA PERSPCTIVA DE HENRIQUE DUSSEL

Prof. Dr. Salustiano Alvarez Gomez - PUC-MG

10h Grupos de Trabalho GT

GT 1 - A Reconstrução do pensamento Teológico na perspectiva do pensamento de(s)colonial - Prof. Dra. Alzira Munhoz

GT 2 - Filosofias Contemporânea - Prof. Ms. Paulo Andrade Vitória

GT 3 - De(s)colonialismo como expressão de alteridade - Prof. Dr Márcio Antônio de Paiva

GT 4 - Ecoteologia - Prof. Dr. Afonso Murad

27/10 | sexta-feira

7h | Abertura

7h10 | Apresentação Cultural

7h30 | Conferência

METAFÍSICAS CANIBAIS

Prof. Dr. Roberto Marcio Starling - PUC-MG

9h | Intervalo

9h30 | Mesa Redonda

Igreja pós-conciliar

Prof. Ms. Gilvander Luís Moreira

O pensamento de(s)colonial na política e ação social

Prof. Dr. José Luiz Quadros

Filosofia nos tempos contemporâneos da Cristandade ocidental

Prof. Dr. Tiago Adão Lara

Intervalo

12h | Encerramento

CONFERENCISTAS


Paulo Margutti

Doutor

Possui graduação em Filosofia pela UFMG (1967), mestrado em Filosofia Contemporânea pela UFMG (1979) e doutorado em Filosofia pela University of Edinburgh (1992), com tese sobre Wittgenstein. Tem experiência nas áreas de lógica, filosofia da linguagem e filosofia no Brasil.

Nilma Lino Gomes

Doutora

Pedagoga/UFMG, Mestra em Educação/UFMG, doutora em Antropologia Social/USP e pós-doutora em Sociologia/Universidade de Coimbra. Integra o corpo docente da pós-graduação em educação Conhecimento e Inclusão Social -FAE/UFMG.

Paulo Agostinho

Doutor

Doutor e Mestre em Ciências da Religião (UFJF), com pós-doutorado em Demografia pelo CEDEPLAR/UFMG. Especialista em Filosofia da Religião (PUC Minas), licenciado em Filosofia (UFJF) e bacharel em Teologia (PUC Minas), cursou todas as disciplinas do extinto curso de graduação em Ciência da Religião da UFJF (1977-1980).

Salustiano Alvarez

Doutor

Possui Especialização Lato Sensu em Língua Espanhola pela PUC-MG (2002); Diploma de Estudos Avanzados en Filosofía, Tecnología y Sociedad - Universidad Complutense de Madrid (2001), Mestrado em Teologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1987); Doutorado em Filosofía pela Universidade Complutense de Madrid (2007) e Doutorado em Filosofia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2010).

Roberto Starling

Doutor

Possui graduação em Filosofia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1985) e mestrado em Filosofia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1999). Doutorou-se pela Universidade Complutense de Madri (2010),cujo título de doutor foi revalidado pela Pontifícia Universidade Católica Do Rio de Janeiro (PUC- RJ).

José Luiz Quadros

Doutor

Possui graduação em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (1986), graduação em Língua e Literatura Francesa pela Universidade Nancy II (1983), mestrado em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (1991) e doutorado em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (1996).

Tiago Adão Lara

Doutor

Possui graduação em Filosofia pela Faculdade Dom Bosco de Filosofia Ciências e Letras São João Del Rei (1970), mestrado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1976) e doutorado em Filosofia pela Universidade Gama Filho (1982).

Gilvander Luís Moreira

Mestre

Possui graduação - Licenciatura e Bacharelado - em Filosofia pela Universidade Federal do Paraná (1989), graduação - Bacharelado - em Teologia pelo Instituto Teológico São Paulo (1993), reconhecido pelo Ateneu Santo Anselmo de Roma, Itália; e mestrado em Exegese Bíblica (Ciências Bíblicas-Teologia) - Pontifício Instituto Bíblico de Roma (2000).

COMISSÕES


Comissão Organizadora

Alexandre Ferreira Margarido - PUC-MG

Douglas Leandro de Oliveira - ISTA

Jacir de Freitas Faria - ISTA

Jhonatan Jesus - ISTA-MG

José Manoel Lázaro Uriol- ISTA

Paulo Sérgio Araújo - ISTA

Paulo Stoney dos Anjos - ISTA

Regina Mara Zatti Melo - PUC-MG

Reginaldo José Horta - ISTA

Comissão Científica

Afonso Murad - ISTA/FAJE

Alzira Munhoz - ISTA

Jacir de Freitas Faria - ISTA

José Manoel Lázaro Uriol- ISTA

Márcio Antônio de Paiva - PUC-MG

Paulo Agostinho Nogueira Baptista - PUC-MG

Paulo Sérgio Araújo - ISTA

Paulo Andrade Vitória - ISTA

Paulo Roberto Margutti Pinto - FAJE

Reginaldo José Horta - ISTA

Salustiano Alvarez Gomez - PUC/FUMEC

Comissão de Apoio

Adilson Juliano Assmann

Jader Luis Rodrigues Freitas

Lourival Robty Santos de Souza

José Maria

GRUPOS DE TRABALHO - GT


Informações Sobre os Grupos de Trabalho.

26/10 | quarta-feira

Grupo de Trabalho 1

Filosofia no Brasil

Coordenação

Prof. Ms. Reginaldo José Horta - ISTA

Ementa

O GT “Filosofia no Brasil” propõe a discussão de temas, autores e problemas pertinentes ao pensamento filosófico brasileiro. Serão aceitas comunicações que se propõe a discutir, a partir do Brasil e de autores brasileiros, a questão da identidade e do caráter nacionais, em suas mais variadas expressões: filosófica, histórica, antropológica, literária, etc.


Grupo de Trabalho 2

Ciberfilosofia

Coordenação

Prof. Ms. Prof. Paulo Sérgio Araújo - ISTA

Ementa

O digital é uma realidade em nosso contexto. Para quase tudo o que fazemos, podemos efetivar pelo uso e exploração do digital. Essencialmente, o digital permite redefinir a nossa relação com o espaço, tempo e presença com os outros. O impacto é tão grande nas vidas das pessoas e empresas, que cada um de nós, se vê forçado a alterar comportamentos e a integrar o digital no nosso dia a dia. Este é o ponto de partida para a discussão filosófica, o que significa construir uma identidade reflexiva neste viés da cultura digital e o que ela pode significar para a qualidade de vida e das experiências individuais no trabalho, no lazer e na aprendizagem. Pretendemos analisar filosoficamente os elementos do conectivismo, as experiências constituídas na ciberdemocracia, experimentos com o viés da inteligência coletiva, a cibernética com os processos de governo digital, inteligência artificial e sistemas de informação. O tema Ciberfilosofia constitui uma perspectiva reflexiva em relação ao uso e transformação no acesso e exploração da informação em nosso contexto. O que podemos realizar pelo digital? Quais as estratégias para a construção de gestão de conteúdos das plataformas digitais? Quais as possibilidades de controle e de liberdade nos espaços virtuais? Quais os riscos no âmbito da esfera pública nesses processos de interação? Estas são algumas das muitas possibilidades de discussão que pretendemos desenvolver nesta área de pesquisa filosófica, que estamos propondo neste simpósio. Convidamos os interessados a se engajarem nessa importante discussão.


Grupo de Trabalho 3

Bíblia e De(s)colonialismo

Coordenação

Prof. Ms. Jacir de Freitas Faria - ISTA

Ementa

A de(s)colonização, na perspectiva bíblica, tem como ponto de partida o entendimento do texto bíblico não mais na visão do colonizador ocidental, que desde 1942 impôs uma leitura que deu continuidade e solidificou o processo de alterização, iniciado à época. Portanto, o grande desafio da leitura bíblica de(s)colonial é, primeiramente, perceber esse processo na própria Bíblia, e, na continuidade, reler o texto de modo a não mais justificar as estruturas de pensamento e ação dos dominadores, grupo hegemônico da cultura ocidental, o qual não levou em consideração os direitos das culturas dominadas, mas fortalecer as ações que possibilitem uma reestruturação da sociedade brasileira e latino-americana.


27/10 | quinta-feira

Grupo de Trabalho 1

A Reconstrução do pensamento Teológico na perspectiva do pensamento de(s)colonial

Coordenação

Profa. Dra. Alzira Munhoz - ISTA

Ementa


Grupo de Trabalho 2

Filosofias Contemporâneas

Coordenação

Prof. Ms. Paulo Andrade Vitória - ISTA

Ementa

O objetivo desse GT é apresentar a filosofia contemporânea como resultado da crise do pensamento moderno no século XIX. O pensamento moderno pode ser caracterizado, em linhas gerais, como a tentativa de fundamentar o conhecimento sobre a ideia de sujeito, enquanto ser pensante e racional. Acreditamos que este projeto filosófico entra em crise com as reflexões de figuras como Marx, Kierkegaard, Darwin, Nietzsche e Freud. Estes elaboraram fortes críticas à ideia de racionalidade moderna. A nossa tese é de que tais críticas permitiram o surgimento de reflexões filosóficas tão diversas, tais como: a fenomenologia, o existencialismo, a Escola de Frankfurt e a filosofia analítica, etc.


Grupo de Trabalho 3

Descolonialismo como expresão de alteridade

Coordenação

Prof. Dr. Márcio Antônio de Paiva - PUC-MG

Ementa

A perspectiva de trabalho deste GT é o pensamento da alteridade. Trata-se de uma visita ao pensamento de Emmanuel Lévinas, para entender a relação entre o Dito e o Dizer. Assim, pretende-se abordar o Outro como estrangeiro, meu Mestre, inabarcável e irredutível ao Eu colonialista e totalizante. Espera-se que tal pensamento possa descortinar horizontes para a atualidade.


Grupo de Trabalho 4

Ecoteologia

Coordenação

Prof. Dr. Afonso Murad - ISTA/FAJE

Ementa

A ecoteologia é uma corrente teológica de crescente importância, que responde a um apelo de Deus para a realidade atual: cuidar de Nossa Casa Comum e garantir a continuidade da vida, em toda sua extensão. O GT acolhe comunicações que relacionem a fé cristã com a ecologia, nas suas múltiplas formas, tais como: espiritualidade, reflexão bíblica, teologia sistemática, ética e práticas comunitárias.


AGENDA

11/08/2017 – Início das inscrições para propostas de Comunicação (GT)

22/10/2017 – Data final para enviar as propostas de Comunicações (GT)

16/10/2017 – Data de divulgação dos trabalhos aceitos.

22/10/2017 – Data Final para enviar os textos completos dos trabalhos aprovados para publicação.

25, 26 e 27 de outubro 2017 – Realização do Simpósio.

COMUNICAÇÕES


Submissão de Comunicações

Os Resumos das Comunicações deverão conter até 20 linhas. Fonte estilo Times New Roman, tamanho 12. O editor de texto deverá ser o Microsoft Word ou compatível. Deverão conter, além do título, o nome do proponente, sua instituição de origem e o Simpósio Temático (ST) correspondente.

Obs.: O arquivo para a “Submissão de Comunicações” deverá ser encaminhado para o e-mail do evento: simpósio@ista.edu.br, o campo de assunto discriminado deve ser: "Resumos das Comunicações".

Formato dos textos completos para publicação

Os preponentes de comunicações, que receberem o aceite da coordenação dos GTs, deverão enviar seu texto, de acordo com as seguintes normas:

                • O texto deverá ter até 08 páginas, incluindo as referências bibliográficas.

                • As notas deverão ser feitas no rodapé do texto. Deverão conter os mesmos dados do preponente fornecido para os resumos.

                • Fonte estilo Times New Roman, tamanho 12. Espaço 1,5 entre linhas.

                • O editor de texto deverá ser Microsoft Word ou compatível.

                • Para a formatação do trabalho, deverão ser obedecidas as normas da ABNT.

Obs.: O arquivo com o "Formato dos textos completos para publicação" deverá ser encaminhado para o e-mail do evento: simpósio@ista.edu.br, com o campo de assunto discriminado: "Textos completos para publicação".

CONTATO


A avaliação, o aceite e a eliminação de trabalhos são da responsabilidade do(a) Coordenador(a) de cada GT.

O certificado de participação no Simpósio será emitido somente aos presentes em 75% das atividades.

Será cobrado o valor de R$ 20,00 para a emissão de certificado para os participantes que desejarem.

Para mais informações utilize nosso e-mail ou entre em contato conosco por telefone.

E-mail: simposio@ista.edu.br | Telefone: (31) 3419-2806

INSTITUIÇÕES PROMOTORAS