Paul Tillich e a Teologia Pública no Brasil

No items found.

Paul Tillich e a Teologia Pública no Brasil

Selecione

Pensar a teologia pública, especificamente no âmbito epistemológico, a partir do  método da correlação de Paul Tillich, é colocar a teologia cristã numa zona de encontro  e diálogo para experimentar algo novo. O método tillichiano tem como lócus o lugar de  fronteira (boundary-situation), que perpassa toda sua teologia e pretende explicar os  conteúdos da fé através de perguntas existenciais e respostas teológicas em  interdependência mútua. Só há possibilidade de fronteira na abertura provocada pela  situação. Os encontros e diálogos entre o método da correlação e a teologia pública, no  contexto do pensamento complexo e transdisciplinar, possibilitam contribuições à  epistemologia da teologia pública no Brasil. O espaço público é o húmus ideal para que  a teologia esteja com as suas fronteiras abertas e livres do isolamento disciplinar. Os  espaços fronteiriços, entre saberes e possibilidades, permitem colocar a teologia ao lado  das outras ciências, com poder de dizer sua palavra específica. É o momento propício  para que a teologia se redescubra com uma teologia: 1) Consciente da sua tarefa e dos  seus públicos; 2) Inconclusa, como possibilidade de abertura ao diferente e pela  redefinição do seu lugar na vida e do seu papel no diálogo mundial e, 3) Criativa, capaz  de se colocar no espaço público segura da sua especificidade epistemológica e, ao  mesmo tempo, disposta ao diálogo fecundo e recíproco com a contemporaneidade. 


Fazer contribuições à epistemologia da teologia pública, isto é, novas possibilidades de  engajamento da teologia cristã nos âmbitos da sociedade, da universidade e da Igreja  propondo uma participação ativa da intelecção da fé nos debates que se desdobram  entre essas instâncias. 


A tensão entre a esfera eclesial e a esfera pública é intermediada por um lugar fronteiriço que permite a teologia se situar entre a confessionalidade e a pluralidade de convicções  da sociedade. Estamos diante do desafio de resgatar a tarefa pública da teologia como  um saber/fazer capaz de dar a sua contribuição a um mundo complexo como o nosso. Para isso, o curso busca superar os limites de uma teologia de gueto; avançar para  engajamentos políticos, como testemunhas cristãs, nos espaços públicos; o  reconhecimento dos públicos da teologia e propor uma teologia pública no Brasil que  seja consciente, inconclusa e criativa. 


Aulas expositivas dialogadas, estudo e produção de textos, análise e debate de vídeos,  fóruns e avaliação individual e em grupo. 


No items found.